Centro-Oeste registra crescimento no aumento do plantio de sorgo

Produtor de Tapurah apostou na cultura e vem tendo bons resultados

O Centro-Oeste planta hoje cerca de 400 mil hectares de sorgo, de acordo com o último levantamento divulgado pela Conab. É um aumento de 26% na área em relação ao ano passado.

A opção pela cultura, que está na quinta posição de cereal mais plantado no mundo, é facilmente entendida devido as suas características. O sorgo suporta muito bem o estresse hídrico e possui uma janela de plantio estendida, o que o torna atraente como complemento a cultura do milho, por exemplo.

Existem ainda outras vantagens. Uma delas pode ser comprovada pelo depoimento do produtor rural de Tapurah (MT), Diego Grendene. Na segunda safra, Diego planta uma área de 100 hectares de sorgo JB 1330, comercializado com exclusividade pela Jotabasso, pelo segundo ano consecutivo.

 “Com milheto, não tinha rendimento de palhada. Já com o sorgo, a palhada tem sido uniforme, com ganho muito maior de massa”. Diego também já percebeu melhorias na produtividade da lavoura de soja quando plantada após o sorgo.

André Luiz Tives, representante técnico de vendas da Jotabasso para a região de Tapurah, esclarece ainda a respeito da cultura: "o sorgo é uma boa alternativa para plantio de final de fevereiro e início de março, trazendo ao agricultor rentabilidade financeira e palhada para o sistema em comparação ao milheto”, finaliza.