São mais de 100 sacos por hectare de soja. É muito soja!

Material da Embrapa foi aprovado com mérito em área experimental no Mato Grosso

A cultivar apresentada nesta semana, embora recomendada para o sul do Mato Grosso do Sul, alcançou desempenho impressionante em uma área experimental na Fazenda Verde, em Rondonópolis (MT), na atual safra.

O material performou 102,8 sacos por hectare, ficando em primeiro lugar entre as cultivares com ciclo de 100 a 11 dias. É um resultado e tanto, não é mesmo?

A EMBRAPA 1003 IPRO é uma soja transgênica, com tolerância ao herbicidade glifosato e com tecnologia Intacta RR2, que entre outros benefícios, controla um grupo de lagartas.

Destacam-se como principais características, a excelente sanidade, a ampla adaptação e estabilidade de produção. O material tem excelente potencial produtivo, inclusive em áreas com a presença do nematoide de galhas Meloidogyne javanica.

Regiões edafoclimáticas de adaptação: REC 102 – SC (Oeste, Meio-Oeste e Nordeste), PR (Sudoeste); REC 103 – SC (Centro-Norte e Serra Geral), PR (Centro-Sul), SP (Sul); REC 201 - PR (Oeste e Norte), SP (Médio Paranapanema); REC 202 – PR (Noroeste), SP (Sudoeste), MS (Sul); REC 203 – SP (Centro-Sul e Oeste); REC 204 – MS (Centro-Sul e Sudoeste); REC 301 – MS (Centro-Norte), GO (Sudoeste); e REC 303 – MG (Triângulo e Alto Paranaíba), GO (Sudeste).

 

Quem quiser fazer download de todas as informações técnicas da cultivar da EMBRAPA, clique aqui.