Passo-a-passo para uma boa implantação de lavoura

Conheça seis importantes dicas para aumentar sua produtividade na safra 2018/19

O fim do vazio sanitário para os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, no último dia 15 de setembro, foi a largada para o plantio de uma safra que estima alcançar quase 120 milhões de toneladas em todo o Brasil.

Para que se consiga atingir tal volume de produtividade, entretanto, são necessários alguns cuidados com o momento de implantação da lavoura.

Neste artigo, o engenheiro agrônomo da Sementes Jotabasso, Winicius Menegaz, apresenta um passo-a-passo dos pontos a serem observados para uma safra bem-sucedida.

  1. Escolha da cultivar: A escolha da variedade pode fazer toda diferença na produtividade da sua lavoura. É fundamental que a cultivar não somente seja adaptada a sua região, mas também que este material seja o mais responsivo em sua condição de solo, época de plantio, e principalmente em sua condição interna de investimento e tecnologia. Igualmente, é imprescindível que o produtor siga as orientações de estande adequado para cada situação em sua área.

 

  1. Procedência da semente: A escolha de uma sementeira de confiança, que possua laboratório credenciado e equipe qualificada, que respalde os índices de germinação e vigor, e que de suporte ao cliente com uma assistência técnica direcionada a cada condição de solo e clima.

 

  1. TSI: Tratamento de Sementes Industrial, procedimento que garante com precisão a dosagem adequada de cada produto por unidade de semente, contribuindo assim para implantação de um estande ideal para cada material.

 

  1. Clima: Acompanhamento do acumulo pluviométrico de cada campo, aliado as previsões de chuva para cada região, visando a assertividade do plantio em condições de umidade de solo adequada para emergência das sementes.

 

  1. Velocidade de plantio: Respeitar a velocidade de plantio não excedendo os limites de cada marca de semeadora, em função de cada regulagem, diminuindo a ocorrência de falhas, duplas ou triplas, que acarretam prejuízos a produtividade.

 

  1. Palhada: É de extrema importância que o início do plantio ocorra em áreas que possuam uma boa palhada, esta condição propicia a manutenção hídrica do solo, dando segurança ao agricultor no estabelecimento adequado da lavoura.